Diagnóstico Pré-Natal

roberto wider pre-natal biodireito

Este tipo de diagnóstico tem importância vital, tanto para  a mulher grávida quanto para o feto. É utilizado para diagnosticar um sem número de anormalidades no feto, alertando sobre suas possibilidades de sobrevivência ou desenvolvimento anormal. O diagnóstico pré-natal (DPN) emprega grande variedade de técnicas para avaliar e determinar a saúde de um feto em gestação. Com os dados obtidos, através dele, tanto o feto como a mãe poderão ser melhor acompanhados, especialmente nos casos de anomalias congênitas, que possam resultar em 20 a 25% das mortes perinatais. Trata-se, portanto, de importante método não só para avaliar as condições que poderiam afetar uma futura gravidez, mas também para acompanhar as últimas semanas antes do parto, além de determinar o resultado da gravidez, se normal ou não, prever possíveis complicações ligadas ao próprio parto: prever e planejar medidas para contornar ou resolver problemas surgidos com o feto ou recém-nascido e, finalmente, possibilitar a decisão se continuar a gravidez ou optar pelo aborto. Roberto Wider